Conteúdos

Principais sintomas da doença renal crônica

49 segundos atrás
Principais sintomas da doença renal crônica
Principais sintomas da doença renal crônica

    Assine a nossa newsletter

    e tenha acesso aos nossos materiais educativos diretamente na sua caixa de e-mail. Basta preencher os campos abaixo:

    Saber quais são os principais sintomas da doença renal crônica é essencial para todos que desconfiam ter uma doença nesse órgão e querem saber se é realmente necessário ir ao médico ao sentir algo diferente.

    Conforme a Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN),7,2% das pessoas no mundo acima dos 30 anos, e entre 28% a 46% acima dos 64 anos, têm esse problema renal. Já no Brasil, se estima que mais de 10 milhões de brasileiros tenham a doença.

    Além disso, os diagnósticos sofrem um aumento de 8% ao ano, o que mostra que essa doença está afetando mais pessoas. Vale ressaltar que, ainda segundo a SBN, houve um aumento de 100% nos últimos dez anos na quantidade de pacientes que realizam diálise, um tratamento para a doença renal crônica grave.

    Continue lendo para saber mais sobre esse problema, conferir os seus principais sintomas e entender a importância de visitar um nefrologista ao verificar qualquer mudança no seu corpo.

    O que é a doença renal crônica?

    Antes de falarmos sobre os sintomas da doença renal crônica é importante compreender essa doença. Para isso, precisamos falar sobre a função do rim no corpo. Tudo que comemos e respiramos acaba, de alguma forma, na nossa corrente sanguínea.

    O rim, então, tem a função de filtrar o sangue e retirar tudo que não é essencial para o organismo, o que são chamadas impurezas. Para isso, esse órgão atua como se fosse uma peneira, onde as substâncias boas voltam para a corrente sanguínea e as ruins vão para a urina serem eliminadas.

    Esse processo é frequente, os rins recebem em média 1,2 litros de sangue por minuto, o que representa um quarto do que é bombeado pelo coração. A SBN afirma que esses órgãos filtram todo o sangue de uma pessoa cerca de 12 vezes por hora!

    Isso permite que a corrente sanguínea fique limpa, sem excesso de substâncias que podem fazer mal para o corpo, como a ureia, o fósforo e a creatinina. O problema é que nem sempre os rins funcionam como deveriam. Quando há uma inflamação, por exemplo, esses órgãos reduzem a sua capacidade de filtragem durante a recuperação do corpo, mas, em geral, logo voltam a funcionar normalmente.

    Isso é o que chamamos doença renal aguda, caracterizada por um início repentino e uma evolução rápida, mas tem curta duração. Também existem casos em que a capacidade de filtragem vai caindo gradualmente ao longo dos anos e não tem previsão para retornar ao normal, essa é a doença renal crônica.

    Quais são os principais sintomas da doença renal crônica?

    Os sintomas da doença renal crônica normalmente se desenvolvem lentamente, assim como a doença. Eles ficam mais intensos quando as impurezas começam a se acumular no sangue. É importante, ainda, entender que as doenças evoluem em graus diferentes. Há pacientes que perdem uma baixa porcentagem do funcionamento do rim, o que faz com que não tenham manifestações marcantes.

    Apesar disso, é possível listar alguns sintomas são que comuns. Confira quais são eles:

    Noctúria

    Noctúria é o nome para a vontade de urinar várias vezes durante a noite. Esse é um dos sintomas da doença renal crônica, comum em todos os graus da doença, uma vez que os rins não conseguem absorver a água para reduzir o volume da urina, o que faz com que o paciente precise ir ao banheiro mais vezes.

    Cansaço

    Se sentir mais cansado pode ser uma manifestação de que há mais impurezas no sangue do que deveriam, como a ureia e o fosforo. É normal também ter uma sensação de sobrepeso nos músculos, principalmente nas pernas.

    Perda de apetite

    Um dos sintomas da doença renal crônica, consequência do excesso de impurezas no sangue, é a perda de apetite, acompanhada de:

    • náuseas;

    • vômitos e

    • gosto ruim na boca.

    Como resultado, o paciente pode parar de comer e sofrer grande perda de peso. Também é comum que essa doença cause anemia, especialmente nos graus mais avançados. Nesses casos, também pode haver palidez, tontura e palpitações.

    Espasmos e dores musculares

    Nos casos mais sérios, o paciente pode sentir espasmos e dores musculares, assim como cãibra. Também é possível ter formigamento e inchaço nas pernas, braços ou a perda de sensibilidade de um dos membros.

    Pressão alta

    A pressão alta, além de ser uma das causas dessa doença, também é um dos seus sintomas. Normalmente, não há manifestações físicas, apenas valores alterados durante a medição em consultas.

    Falta de ar e confusão mental

    Outros sintomas da doença renal crônica são a falta de ar e a confusão mental, acompanhada da perda da capacidade de reagir rapidamente. Essas manifestações, em geral, ocorrem em consequência da pressão alta, que influencia no funcionamento do coração e do cérebro.

    Se você tem um ou mais desses sintomas, não deixe de agendar uma consulta com um nefrologista, o médico especializado no rim. Ele pedirá exames e analisará a sua saúde de forma completa para dar o diagnóstico correto. Vale ressaltar que o tratamento dessa doença diminuirá os desconfortos e evitará o seu avanço.

    Caso você ainda tenha alguma dúvida sobre os sintomas da doença renal crônica, entre em contato conosco. Somos uma clínica em Florianópolis especializada no tratamento de doenças do rim.

    A Clinirim – Clínica do Rim e Hipertensão Arterial é uma instituição de saúde localizada em Florianópolis (SC) que tem como principal objetivo oferecer bem-estar e qualidade de vida para pacientes portadores de doenças renais crônicas.